Situada na Avenida Dois de Junho - Centro Cacoal/RO - Fone: (69)3441-2630 - Pastor: Volmir Forster
Fone (69)98145-3985- Pastor: Clairton dos Santos
Cultos aos sábados as 19:30 (20:30 horário de Brasília) com transmissão ao vivo pelo blog

domingo, 31 de janeiro de 2010

Olho por olho


“Olho por olho, dente por dente”; estas palavras são a norma de vida de muitas pessoas ainda hoje. Elas expressam um acentuado espírito vingativo e significam que a pessoa não deixa passar nada sem uma resposta equivalente à violência recebida.

Mas o discurso de Jesus é diferente. Ele diz que se alguém nos der um tapa na cara, devemos oferecer também o outro lado, e se alguém nos processar para tomar de nós um casaco, entreguemos também toda a roupa, e, por fim, se alguém nos obrigar a caminhar um quilômetro, caminhemos dois.

Se isso é surpreendente, prestem atenção ao que ele afirma mais adiante, no mesmo sermão do monte: “Amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês. Sejam perfeitos em amor, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu.” (Mt 5.44,48) Como podemos oferecer a face para alguém bater? Como podemos entregar o resto da roupa a quem nos tira um casaco? Como vamos caminhar dois quilômetros porque alguém nos obriga a caminhar um? E mais: Como amar os inimigos e orar pelos que nos perseguem? E como podemos nos tornar tão perfeitos quanto o próprio Deus?

As respostas a estas perguntas só podem ser entendidas assim: Quem quiser se salvar pelos próprios méritos, pelas próprias ações, necessariamente precisa atingir a perfeição de Deus. Só quem é perfeito poderá deixar-se bater, entregar suas roupas, caminhar mais do que exigido e amar os inimigos. Então todos nós estamos perdidos, porque ninguém é perfeito e ninguém é santo. É isto mesmo que Jesus quer ensinar neste texto. Ele quer mostrar como é impossível alguém salvar-se por conta própria. Precisamos de Jesus. Ele deixou-se bater, carregou a cruz, amou os inimigos, entregou suas roupas, enfim, foi perfeito em nosso lugar. Pela fé em Cristo, portanto, a santidade dele nos é atribuída e assim somos salvos. Pense nisto.

Oremos: Bondoso Deus, ajuda-nos a confiar somente em teu Filho, Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém.



Pastor Paulo Kerte Jung