Situada na Avenida Dois de Junho - Centro Cacoal/RO - Fone: (69)3441-2630 - Pastor: Volmir Forster
Fone (69)98145-3985- Pastor: Clairton dos Santos
Cultos aos sábados as 19:30 (20:30 horário de Brasília) com transmissão ao vivo pelo blog

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

CULTO DA FESTA DA COLHEITA

NO DIA 31/09 TIVEMOS UM ABENÇOADO CULTO DA FESTA DA COLHEITA. AS OFERTAS SERÃO DESTINADAS AO PROJETO DA IELB NA ÁFRICA.


























segunda-feira, 29 de abril de 2013

Mensagem Mês de Agosto de 2013

                                                    AGOSTO de 2013
“Assim como os perfumes alegram a vida, a amizade sincera dá ânimo para viver” (Pv 27.9)

          Um perfume chamado amizade

 
 



“Amigo é coisa para se guardar debaixo de sete chaves, dentro do coração”. A letra da música popular brasileira “Canção da América”, tão conhecida, nos faz pensar: que valor e tempo temos dispensado para ouvir e estar com os nossos amigos? Quem são eles para que mereçam essa confiança? O que é ser amigo hoje, quando todos desconfiam de todos?
Para provar que ter e ser amigo é uma questão muito séria, a Bíblia também fala sobre esse assunto. Como criaturas, nascemos afastados e inimigos de Deus. isso o rei Davi nos diz em um de seus Salmos: “De fato, tenho sido mau desde o dia que nasci” (Sl 51.5). Mas Deus faz para nós o que nós temos dificuldade de fazer para os outros. Ele não desvia o seu olhar de nós nem dá voltas para nos evitar. Ele mostra o quanto nos ama. Ele enviou Jesus Cristo, que morreu na cruz, tornando-nos assim amigos de Deus. Ele foi mais longe: deu a nós salvação e vida eterna. Só Deus é capaz de amar, perdoar e aceitar o pecador de maneira tão extraordinária e maravilhosa.
Por causa de Jesus, somos reconciliados com Deus e (fomos) tornados filhos amados do Pai Celestial. Essa amizade precisa ser cultivada e guardada sempre em nosso coração. E a chave para isso é a própria Palavra de Deus, a Bíblia. É nela, no texto de Provérbios 27.9 que lemos: “Assim como os perfumes alegram a vida, a amizade sincera dá ânimo para viver”.
Por mais que os nossos amigos, no contexto atual, nos decepcionem, Jesus Cristo continua fiel e vem ao nosso encontro. [Ele vem ao nosso encontro no perdão, que é o Batismo diário, na Palavra e na Santa Ceia]. Continuemos cultivando essa amizade que nos torna filhos e filhas de Deus pela fé em Jesus. Essa amizade merece toda a confiança, pois Jesus quer estar em nosso coração todos os dias.
Oremos: “Em Jesus amigo temos. Que sofreu a nossa dor. E nos manda que levemos os cuidados ao Senhor”. Dá-me forças para assim proceder, amado Jesus. Amém.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

ESTUDO DO PEM 2013


LOCAIS DO ENCONTRO DO PEM

ACONTECEM SEMPRE NAS TERÇAS-FEIRAS ÀS 19:30 EM ENDEREÇOS QUE SÃO ANUNCIADOS SEMPRE AO FINAL DOS CULTOS.

OS GRUPOS SÃO OS SEGUINTES:

GRUPO DO EVIANO:
GRUPO DO BAIRRO CENTRO E PRINCESA ISABEL: 
GRUPO DO BAIRRO LIBERDADE: 
GRUPO DO BAIRRO NOVO CACOAL: 
GRUPO DA BR: 
GRUPO BAIRRO SANTO ANTONIO: 




sábado, 23 de fevereiro de 2013

MENSAGEM MÊS DE MARÇO



Mas os discípulos vieram acordá-lo, clamando: Senhor, salva-nos! Perecemos! Mt 8.25

TEMPESTADE
Uma violenta tempestade sobreveio no mar. As ondas cobriam o pequeno barco. Os discípulos lutavam contra a tormenta. Tudo inútil. Desesperam. Necessitam de socorro. E Jesus, o único que poderia socorrê-los, está dormindo. Contudo, vendo que estavam sendo varridos pelas fortes chuvas e ventos, começaram a gritar aos ouvidos de Jesus: Senhor Jesus, salva-nos! Perecemos! E Jesus, abrindo os olhos, critica o seu desespero: Por que sois tímidos, homens de pequena fé? Tendo repreendido e acalmado os seus discípulos, Jesus ergue as mãos, os ventos cessam, e “fez-se grande bonança”.
Estamos cercados de perigos, tempestades de crises, guerra, revolução, acidentes sobressaltam-nos. A cada passo, em cada passeio, em cada viagem, a tormenta da morte nos pode atingir. E, por vezes, formam-se tempestades no fundo de nosso coração. Os ventos e as chuvas das preocupações, das angústias, dos temores, do desespero açoitam a nossa alma, e nós gritamos: Perecemos!
Contudo, não há motivo para o desespero. Jesus, o Salvador, está próximo. Ainda que não vemos a pessoa do Redentor e acreditamos o Mestre estar dormindo, Cristo sempre está pronto para socorrer todo aquele que suplicar: Senhor, salva-nos! Isto é consolo: É certo que não dormita nem dorme aquele que te guarda. Cristo prometeu estar conosco: Eis que estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Cristo nos consola: Não temas, sou eu! Cristo nos guarda de todo o mal, guarda nossa alma. Cristo guarda a nossa entrada e a nossa saída, desde agora e para sempre.
Por isso, por mais que ruja o temporal, por mais que nos aperte o mal, por mais que duras aflições apertem nosso coração, em Cristo iremos esperar, pois ele pode nos consolar. Iniciemos todas as nossas viagens e todos os nossos empreendimentos em nome de Jesus. Entreguemos nossos caminhos a Jesus e oremos sempre:
Guia, ó Cristo, a minha nau / Sobre o revoltoso mar, /
Tão enfurecido e mau; / Quer fazê-la naufragar. /
Vem, Jesus, oh! Vem guiar, / Minha nau vem pilotar. Amém.
Segue-me – Pastor Leopoldo Heimann