Situada na Avenida Dois de Junho - Centro Cacoal/RO - Fone: (69)3441-2630 - Pastor: Volmir Forster
Fone (69)98145-3985- Pastor: Clairton dos Santos
Cultos aos sábados as 19:30 (20:30 horário de Brasília) com transmissão ao vivo pelo blog

sábado, 23 de fevereiro de 2013

MENSAGEM MÊS DE MARÇO



Mas os discípulos vieram acordá-lo, clamando: Senhor, salva-nos! Perecemos! Mt 8.25

TEMPESTADE
Uma violenta tempestade sobreveio no mar. As ondas cobriam o pequeno barco. Os discípulos lutavam contra a tormenta. Tudo inútil. Desesperam. Necessitam de socorro. E Jesus, o único que poderia socorrê-los, está dormindo. Contudo, vendo que estavam sendo varridos pelas fortes chuvas e ventos, começaram a gritar aos ouvidos de Jesus: Senhor Jesus, salva-nos! Perecemos! E Jesus, abrindo os olhos, critica o seu desespero: Por que sois tímidos, homens de pequena fé? Tendo repreendido e acalmado os seus discípulos, Jesus ergue as mãos, os ventos cessam, e “fez-se grande bonança”.
Estamos cercados de perigos, tempestades de crises, guerra, revolução, acidentes sobressaltam-nos. A cada passo, em cada passeio, em cada viagem, a tormenta da morte nos pode atingir. E, por vezes, formam-se tempestades no fundo de nosso coração. Os ventos e as chuvas das preocupações, das angústias, dos temores, do desespero açoitam a nossa alma, e nós gritamos: Perecemos!
Contudo, não há motivo para o desespero. Jesus, o Salvador, está próximo. Ainda que não vemos a pessoa do Redentor e acreditamos o Mestre estar dormindo, Cristo sempre está pronto para socorrer todo aquele que suplicar: Senhor, salva-nos! Isto é consolo: É certo que não dormita nem dorme aquele que te guarda. Cristo prometeu estar conosco: Eis que estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Cristo nos consola: Não temas, sou eu! Cristo nos guarda de todo o mal, guarda nossa alma. Cristo guarda a nossa entrada e a nossa saída, desde agora e para sempre.
Por isso, por mais que ruja o temporal, por mais que nos aperte o mal, por mais que duras aflições apertem nosso coração, em Cristo iremos esperar, pois ele pode nos consolar. Iniciemos todas as nossas viagens e todos os nossos empreendimentos em nome de Jesus. Entreguemos nossos caminhos a Jesus e oremos sempre:
Guia, ó Cristo, a minha nau / Sobre o revoltoso mar, /
Tão enfurecido e mau; / Quer fazê-la naufragar. /
Vem, Jesus, oh! Vem guiar, / Minha nau vem pilotar. Amém.
Segue-me – Pastor Leopoldo Heimann

Nenhum comentário:

Postar um comentário